Sacudir um bebê pode ser mais grave do que parece

Hemorragias, convulsões e outros graves problemas são algumas das consequências em sacudir o bebê

0
8934

Por vezes você sacode seu bebé, enquanto brinca com ele. Ou pode mesmo desesperadamente sacudir ele porque suspeita que ele está sufocando com alguma coisa. Ou porque se descontrola e não sabe mais o que fazer perante tanto choro. Tenha cuidado, especialmente se fizer movimentos bruscos para a frente e para trás, com sua cabeça e pescoço desprotegidos e sem segurança.

O bebê é bastante sensível e esses chacoalhares podem causar derrames de sangue no cérebro, convulsões e muitas outras consequências graves para a vida da criança. Se esses movimentos forem habituais, isso pode chamar-se de Síndrome do Bebê Sacudido.

Geralmente, esse é um problema associado a situações de alguma violência, em que um adulto abana fortemente o bebê para a frente e para trás sem mostrar qualquer cuidado com a criança. E nem imagina o mal que pode estar fazendo!

Dependendo dos movimentos ou da sua frequência, os problemas podem ser temporários ou para a vida toda.

A pediatra Márcia Kodaira, do Hospital Santa Catarina (SP) explica porque o bebê é frágil. “O bebê ainda é pequeno, com cabeça grande, maior que o seu corpo, tornando-se pesada. Por outro lado, o seu pescoço ainda não tem a musculatura suficiente para se defender de movimentos bruscos e de, ao mesmo tempo, segurar sua cabecinha. É por isso que esses movimentos agressivos podem originar problemas como a lesão cerebral.”

No caso de estar desesperado e querer que seu filho respire novamente depois de se ter engasgado, deve colocá-lo de lado ou pousá-lo no seu braço, de barriga para baixo, tentando que ele respire. Já vimos que abanar ou chacoalhar não é a melhor solução.

Dependendo dos movimentos ou da sua frequência, os problemas podem ser temporários ou para a vida toda. A mais grave, que acontece a 30% dos bebês, é levá-lo à morte. Fora isso, podem acontecer retardos no desenvolvimento neuropsicomotor, surdez ou problemas com a visão. É difícil de relacionar os problemas que a criança venha a desenvolver, com os movimentos bruscos.

Relacionado: Seu bebê pode ter problemas de visão! Identifique-os!

Não fique assustado com esse artigo. É importante saber as consequências das chacoalhadas bruscas e violentas, mas também é bom saber que pode embalar seu filho à vontade, brincar com ele, porque certamente vai fazer isso com amor e carinho e sem movimentos bruscos. Esses sim podem conduzir à Síndrome do Bebê Sacudido.

Mas caso haja alguma coisa que a faça ter essa atitude, pense duas vezes! Não se desespere, mesmo em situações mais intensas!

Veja esse vídeo para conhecer tudo sobre as sacudidas do bebê: