O que significa sonhar com bebê no colo? conheça 5 possibilidades

0
321
sonhar com bebê no colo
Crédito: Freepik

No caso das mulheres grávidas, é muito comum começarem a sonhar com bebê no colo, especialmente porque ficam ansiosas para o nascimento do filho. Então, o que se diz sobre o significado desse sonho?

Os sonhos ainda são um grande mistério para as pessoas. Enquanto alguns acreditam que os sonhos são apenas uma manifestação aleatória de imagens que estão na memória, outros acreditam que os sonhos são presságios de um acontecimento futuro, trazendo mensagens que devem ser interpretadas com seriedade, pois são capazes de guiar o caminho da vida.

Veja a seguir as possibilidades e decida se vai levá-las para a sua vida ou se apenas vai sanar a curiosidade e seguir em frente.

Veja também: significado de sonhar com gravidez

Significados de sonhar com bebê no colo

o que significa sonhar com bebê no colo
Crédito: Freepik

Tanto mulheres que já estão grávidas quanto as que desejam muito engravidar, costumam sonhar com bebê no colo. Nesse caso, o sonho pode trazer à tona desejos do seu subconsciente que podem ajudá-la a lidar com seus medos de talvez não conseguir engravidar ou de não ser uma boa mãe, apesar da vontade de ser a melhor.

Sonhar com bebê no colo

Se no seu sonho, estava segurando um bebê no colo, seja seu ou de outra pessoa que conheça, é um sinal de que se sente preparada para novos desafios e projetos importantes de vida, como o de ser mãe. O resultado positivo desse projeto dependerá unicamente da sua maneira em conduzi-lo para o sucesso, ou seja, de como pretende se preparar para ser a melhor mãe que puder, dentro das suas condições.

Dormindo

Se além de estar no seu colo, o bebê também estava dormindo tranquilo, pode ser um sinal de que o seu projeto ainda está em fase inicial ou que você está começando a se preparar, já encorajada, mas com muitas dúvidas. Nesse caso, tenha paciência e continue se dedicando para alcançar o seu objetivo. Estar com um bebê dormindo em seu colo é o claro sinal de que pode confiar em si mesma, pois ele também confia a vida a você.

Sorrindo ou chorando

Quando o bebê no seu colo está acordado, sorrindo ou chorando, também pode interpretar de diferentes maneiras. Sorrindo, quer dizer que você está no caminho certo dos seus planos. Chorando, é sinal de que talvez precise recalcular a rota para que tudo dê certo. Analise o mundo em sua volta, o que pode ser melhorado e o que sente que já está fazendo certo.

Sendo amamentado

Amamentar um bebê é um ato poderoso que representa sua força e coragem diante das situações da vida. Também, representa que sua saúde física e mental está bem ou em fase de melhora, já que a amamentação remete à nutrição de outra vida e à confiança de entregar a vida a outra pessoa. É um ato de generosidade e proteção, mostrando que você está pronta para ajudar o próximo, seja seu filho ou outra pessoa querida.

Sonhar com bebê no colo de outra pessoa

O seu bebê desperta o seu instinto protetor, afinal, ele é um fruto pessoal da sua vida e do seu parceiro, caso tenha. Então, sonhar que o seu bebê está no colo de outra pessoa, que seja desconhecida ou alguém que não goste, pode ser interpretado como um sinal de dúvida e insegurança da sua parte, diante de algum problema que esteja enfrentando.

Pode lidar com esse sonho entendendo que não precisa dessa dúvida ou insegurança, pois se você tem o poder de gerar uma vida, também tem condições de enfrentar qualquer outro desafio que ela lhe puser na frente.

Os principais medos das mães durante a gravidez

principais medos durante a gravidez
Crédito: Freepik

Durante a gestação, as dúvidas estão sempre povoando a mente das futuras mamães. É inevitável ter bons e também maus pensamentos de vez em quando, pois é comum passar por momentos de insegurança, já que ter um bebê é uma das maiores responsabilidades da vida.

Então, se esse for o seu caso, saiba que não está sozinha. A CordVida elencou os principais medos das futuras mamães para que saiba que os seus pensamentos são absolutamente normais e que não há motivos para se preocupar.

  • E se eu fizer alguma coisa que prejudique o bebê?
  • E se eu sofrer um aborto?
  • E se eu tiver sentimentos negativos e intensos como raiva e medo na gravidez?
  • E se eu nunca mais conseguir perder o peso que ganhar?
  • E se minha vida sexual nunca mais voltar a ser a mesma?
  • E se o bebê nascer prematuro?
  • E se eu não suportar as dores do parto?
  • E se não der tempo de chegar ao hospital?
  • E se eu precisar fazer uma cesárea de emergência?

Para que consiga lidar com esses pensamentos sem que eles fiquem lhe trazendo angústias no dia a dia, procure encontrar atividades positivas e agradáveis que redirecionem os pensamentos ruins para os bons. Se tiver dificuldade em fazer isso sozinha, o melhor a fazer é ter uma boa conversa com o seu obstetra ou com um terapeuta, pois ele irá resolver muitos desses mitos e deixar a sua mente mais tranquila.