Tipos de Anestesia Usados no Parto

0
1735

Há diferentes tipos de anestesia usados no parto.  Quando uma mulher descobre que está grávida ela fica cheia de medos e receios, porém, um dos momentos mais esperados e também temidos é o parto.

As mulheres têm medo da dor e de ocorrer alguma coisa com ela ou com o seu filho durante o trabalho de parto.

A boa notícia para as mulheres é que os médicos costumam dar anestesia na hora do parto para que acabe a dor e que o trabalho de parto ocorra tranquilamente.

Parto sem Dor- Tipos de Anestesia

Os tipos de anestesia mais usados no parto são: peridural e a raquidiana, em que a mãe fica insensível à dor do peito para baixo e continua acordada durante todo o processo do parto normal ou cesariana.

Existe um profissional especializado em aplicar a anestesia nas mulheres na hora que o bebê vai nascer, ele é o anestesista ou anestesiologista.

Tanto a anestesia peridural quanto a raquidiana é aplicada entre as vértebras nas costas. Os anestesistas aplicam um anestésico local antes de dar a picada da anestesia, ou seja, a gestante em trabalho de parto vai sentir uma picadinha da anestesia local e depois uma pressão, que não é exatamente dor.

O ruim da anestesia é que a mulher mesmo com o barrigão precisa ficar na posição certa que é deitada de lado ou sentada com as costas curvadas.

Qual a diferença entre anestesia raquidiana e peridural?

Raquidiana

Essa anestesia utiliza um volume bem menor de anestésico, a sua ação é praticamente imediata e é aplicada de uma vez só, com duração limitada. É utilizada nos partos cesarianos e algumas vezes nos partos normais.

Peridural

Essa usa uma quantidade bem maior de anestésico, e é administrada aos poucos por um cateter que fica nas costas durante o tempo que for preciso. É usada nos partos normais.

O que é anestesia combinada?

Dependendo da situação do parto e do nível da dor sentida pela paciente, o anestesista pode aplicar as duas anestesias ao mesmo tempo, a peridural e uma pequena dose da raquidiana. A anestesia raquidiana ajuda a outra anestesia a funcionar mais rápido, diminuindo a dor instantaneamente e a peridural garante a durabilidade do efeito.

Vantagens e desvantagens da anestesia peridural

Vantagens 

Ela ajuda a controlar a hipertensão arterial, a gestante fica consciente e quase todas as mulheres param totalmente de sentir dor.

Desvantagens 

A mulher poderá ficar anestesiada mais para baixo de um só lado, ou uma pequena parte da barriga, pode causar tremedeira e febre, pode causar sensação de falta de controle e aumenta as chances de ter que utilizar algum instrumento para tirar o bebê.

Vantagens e desvantagens da raquidiana

Vantagens

Ela acaba com a dor na hora e o anestésico usado é em quantidade bem menor do que a da peridural.

Desvantagens

A grávida deve ficar em uma posição desconfortável enquanto a anestesia é aplicada, pode ficar com a sensação de que não está respirando direito, dentre outras.