Caso raro: mulher engravidou durante uma gestação

Os bebês são considerados gêmeos, mas foram concebidos em momentos diferentes

Crédito: Freepik
Publicidade

Já imaginou estar grávida de um bebê, e meses depois descobrir que são dois bebês dentro do útero? Parece comum quando se tratam de gêmeos e um deles não estava aparecendo nos ultrassons anteriores. Mas não é o caso da história que você vai conhecer agora.

Rebecca Roberts, de 39 anos, estava grávida de Noah quando descobriu que também estava grávida de Rosalie. Foi um grande susto, pois Rebecca já tinha feito dois ultrassons, e em ambos só tinha um bebê no útero. Então, como foi possível?

Crédito: Reprodução/Kerry Davies

Os médicos ainda não têm uma resposta conclusiva sobre o que aconteceu com Rebecca, porém, sabem que esse é um fenômeno raro chamado superfetação, que é quando uma mulher já grávida engravida de novo, na mesma gestação.

AD

O motivo da superfetação de Rebecca pode ter sido o medicamento para fertilidade que ela estava tomando. Esse medicamento pode ter feito com que outro óvulo fosse liberado depois que ela já estava grávida de Noah.

Crédito: Reprodução/Kerry Davies

Com a novidade, Rebecca e seu marido, Rhys Weaver, de 43 anos, logo trataram de reorganizar a vida para receberem não um, mas dois bebês. Os gêmeos nasceram na 33ª semana de gestação, prematuros, por causa de um problema no cordão umbilical de Rosalie.

Crédito: Reprodução/Kerry Davies

Os bebês nasceram com peso e tamanho bem diferentes, já que Noah estava no útero se desenvolvendo há mais tempo. Ele nasceu com 1,8 kg, enquanto são irmã nasceu em 1,2 kg.

AD

Após o parto, ambos receberam cuidados especiais devido à prematuridade. Rosalie precisou de mais atenção, por isso só recebeu alta 2 meses e meio depois de Noah.

AD