Dicas para ensinar os filhos que ninguém pode tocar no corpo deles

O diálogo aberto entre os pais e os filhos é uma das melhores formas de prevenir abusos

Crédito: Freepik
ADs

Desde cedo os pais devem ensinar seus filhos sobre como cuidar do próprio corpo. Esses cuidados vão além da higiene pessoal, pois a intenção é também prevenir o abuso sexual infantil que, infelizmente, é mais frequente do que se pode imaginar.

Se a criança tiver consciência do que é certo e errado, e souber o que fazer em certas situações, terá mais chances de evitar que uma pessoal mal-intencionada se aproxime mais do que o permitido.

Então, veja algumas orientações aprovadas pelo UNICEF para ensinar às crianças a partir de 3 anos de idade sobre consentimento.

Ninguém pode tocar em você sem permissão, seu corpo pertence a você

Desde pequena, a criança deve entender que existe uma diferença entre ser ajudada a fazer certas coisas, como tomar banho e trocar de roupa, e o desconforto que ela sente ao vivenciar uma “ajuda” inadequada.

ADs

Claro que para as crianças muito pequenas, que não possuem experiência de vida, fica mais difícil saber quando um gesto de outra pessoa é inadequado. Mas, você pode dar exemplos do dia a dia.

Você não precisa dar beijo nas pessoas, se não quiser

Ainda tem muitos pais que forçam seus filhos a beijarem os avós, os tios, primos e todos os familiares e amigos possíveis como um gesto de carinho e boas maneiras. Mas isso é errado.

A criança não tem a obrigação de dar beijos e abraços, nem de sentar no colo dos outros, sejam quem forem.

Se ela recusar, os pais devem respeitar, pois é um limite que a criança tem entre o corpo dela e o do outro. Aliás, é uma forma de ela se acostumar a dizer não desde cedo e saber que está tudo bem com isso.

ADs

Não há problema em dizer NÃO: se um adulto te incomoda, você deve me dizer imediatamente

Embora os adultos devessem proteger as crianças, não é assim que acontece em todos os casos, inclusive dentro de casa.

Então, a criança deve saber que, se uma pessoa adulta, mesmo que for conhecida, a incomodar de alguma forma, ela deve contar ao adulto em quem ela mais confia.

A criança deve saber que se um adulto está fazendo ela se sentir desconfortável, ela não precisa aceitar isso: deve dizer não!

Esta parte do seu corpo é chamada…

Muitos pais têm vergonha de ensinar aos filhos pequenos os nomes corretos dos seus órgãos genitais, e preferem usar apelidos.

ADs

Mas, mesmo que prefiram usar apelidos, devem ensinar às crianças os nomes corretos para que elas saibam do que se trata caso outra pessoa diga esses nomes para elas na intenção de um abuso.

Se a criança tiver conhecimento do que é pênis, vagina e ânus, ela saberá que ali ninguém pode tocar e que ela não deve tocar essas partes de outra pessoa.

Nenhum adulto tem que pedir ajuda

Em muitos casos de abuso, o adulto pede que a criança o ajude em determinada tarefa, claro, de forma enganosa.

Então, ensine ao seu filho que os adultos estão ali para proteger e ajudar, mas que eles não precisam da ajuda das crianças para tudo.

ADs

Existem ressalvas, lógico, como quando quem pede ajuda é você ou outra pessoa de confiança para ensinar alguma tarefa de casa, por exemplo.

Mas você pode dar exemplos de outros adultos, como pessoas da escola, da casa de um amiguinho ou de algum grupo que a criança participa.

Nenhum adulto pode fazer mal para mim, estou aqui para te proteger

É bem comum que, em uma situação de abuso, o agressor ameace machucar os pais da criança caso ela conte sobre o abuso que sofreu ou está prestes a sofrer.

Seu filho deve saber que nenhuma pessoa pode machucar você. Qualquer coisa que acontecer, ele pode e deve lhe contar, pois nada de ruim vai lhe acontecer por isso.

ADs

Eduque de forma lúdica

Além de conversar com seu filho sobre todos os tópicos acima mencionados, você pode ensiná-lo a canção “Nisso e Naquilo” para conscientizá-lo sobre as partes do corpo dele que ninguém pode tocar.