Parto humanizado: um direito de todas as gestantes!

Fotógrafa registra momentos de parto humanizado para sensibilizar para a importância dessa prática

0
1140

A fotógrafa Luciana Zenti é a autora de um conjunto de imagens que ilustra momentos de parto humanizado na Maternidade Bairro Novo, em Curitiba, que trabalha sob o sistema público de saúde.

O parto humanizado é uma prática em que a vontade das mães é tão relevante como os procedimentos médicos habituais. Além de mãe e bebê receberem um máximo cuidado e atenção, são evitadas algumas práticas desnecessárias. É o caso do corte do períneo e a indução do parto.

“O parto humanizado é uma prática em que a vontade das mães é tão relevante como os procedimentos médicos habituais”

O parto humanizado pode ser adotado por todos os hospitais públicos

Com o seu trabalho, Luciana quis provar que todas as maternidades públicas têm capacidade para desenvolver práticas de parto humanizado: “Para mim, o parto humanizado só tem sentido se cada uma das gestantes for incluída, sem que interesse a sua condição socioeconômica. Todas as mães devem ter um parto com respeito. Esse parto humanizado tem de ser plenamente desenvolvido no sistema público de saúde, porque uma boa parte das brasileiras é atendida nesse regime. São mulheres que, por exemplo, não têm meios para se consultarem com médicos particulares ou para planejar um parto em casa. Mas é claro que merecem um parto humanizado. Felizmente, há profissionais determinados em desenvolver esse tipo de práticas no atendimento público”.

Como o parto é um momento tão íntimo, Luciana teve de estabelecer uma ligação com as mães e suas famílias no decorrer da gravidez para que as gestantes se sentissem mais à vontade com a sua presença na hora de dar à luz. “Tento construir uma relação afetiva com as mulheres que fotografo. Captar momentos como um parto exige muita sensibilidade. Temos de nos envolver nas emoções, nos receios e nas ansiedades das mamães. Desse modo, elas confiam naquilo que vou fazer e não me veem mais como uma pessoa de fora”.

Luciana também já fotografou diversos partos feitos em casa. Aliás, um dos seus registros lhe valeu um reconhecimento internacional, a entrega do prêmio Elevate Image Competition, nos Estados Unidos. “As juradas eram fotógrafas de parto com muita experiência. A imagem premiada retrata um pai e uma mãe que enfrentam junto as contrações. Essa foto prova que dar à luz é um ato de amor”, lembra a fotógrafa.

Confira as fotos:

 

 

Relacionado: Mulheres têm a última palavra sobre o parto

Veja registros de um parto humanizado através desse vídeo:

Curtiu o texto? Então, compartilhe com os seus familiares e amigos!