Como ocultar uma gravidez durante as 12 primeiras semanas de gestação?

Sente que ainda não chegou a hora de partilhar com o mundo o seu segredo mais precioso? Aceite nossas 5 sugestões.

0
2581

Quer saber como esconder a sua gravidez durante o primeiro trimestre? Essa tarefa pode ser um pouco ingrata, porque os sintomas e as alterações que o seu corpo começa por sofrer são difíceis de ignorar. É por isso que vamos partilhar um conjunto de dicas para que você possa partilhar as boas notícias com o mundo, apenas quando se sentir preparada!

Contar: só na altura certa!

O teste de gravidez deu positivo? Parabéns! Você vai ser mamãe! É também a guardiã daquele que é agora o maior tesouro e o maior segredo da sua vida.
Muitas mulheres optam por guardar essa boa nova durante as primeiras semanas de gestação. Não só porque nesse período a gravidez ainda é instável, e tudo pode acontecer, mas também porque necessitam de tempo para se ambientarem e se adaptarem a essa grande mudança. Seja qual for a razão, a verdade é que toda a mulher tem esse direito!

“Os sintomas e as alterações que o seu corpo começa por sofrer são difíceis de ignorar”

Apesar de não ter contado para ninguém, sente que os sinais são evidentes e que esse grande segredo pode ser descoberto a qualquer minuto? Provavelmente isso é só da sua cabeça e ninguém está desconfiando! Mas os hormônios complicam tudo e não ajudam a lidar com a pressão do segredo.

Relaxe. Siga estas dicas e saiba como esconder a sua gravidez durante as primeiras 12 semanas de gestação sem problemas.

5 dicas para ocultar a gravidez durante as 12 primeiras semanas de gestação

1. Escolha um ou uma confidente

Tem alguém na sua vida em que sabe que pode confiar? Partilhe o seu segredo com essa pessoa com boquinha de siri. Será bom compartilhar os seus anseios e tropelias dos primeiros tempos. Será bom ter alguém que saiba a razão da sua falta de disponibilidade e alterações de humor.

Está com receio de que possam encontrar as vitaminas pré-natais na sua mala? Esconda numa bolsa pequena, e assim não corre esse risco.

2. Lide com o cansaço de forma natural

Nas mulheres grávidas a sensação de cansaço é mais evidente, devido ao aumento de progesterona. Por isso é normal se sentir picos de cansaço mais fortes ou quebras na concentração. Será que os seus colegas vão reparar? Nada disso! Todo o mundo passa por fases mais complicadas. Um projeto mais importante ou noites mal dormidas são boas desculpas para uma aparência cansada.

3. Como esconder os enjoos matinais?

Nos primeiros tempos de gravidez os enjoos matinais chegam para dar um abalo em sua rotina! Não entre em pânico. As opções são duas: ou abre o jogo, ou conta umas mentirinhas sem importância. Seja simples e direta e não entre por histórias mirabolantes. Uma indisposição ou o estresse, são umas excelentes razões para umas visitas extras no banheiro.

Tente reparar a que alturas tem esses enjoos. As indisposições chegam de manhã? Então marque reuniões e compromissos mais importantes para a parte da tarde.

4. Saiba justificar as idas no médico

Se alguém perguntar o que há de errado com você, diga que está fazendo uns exames de rotina. Se inventar uma complicação ou for evasiva ainda vai deixar alguém preocupado sem razão! Se alguém insistir, diga que não é nada de grave, e remate dizendo: “coisas de mulheres”. Essa deixa costuma ser suficiente para pôr fim a qualquer intromissão!

5. Como recusar bebidas alcoólicas sem revelar a sua condição de futura mamãe?

Quando os amigos se juntam para sair na balada, rolam sempre bebidas alcoólicas. Nesses casos, por norma há alguém que passa a noite sem beber, para que depois passar deixar todos em casa em segurança. Assuma o papel de motorista escolhido para dar essa carona. As alternativas passam por dizer que está tomando um remédio que não pode ser misturado com álcool, ou beber um cocktail sem álcool para enganar.

Quando for jantar fora de casa, evite comida demasiado condimentada. Não vai querer sentir indisposição enquanto está desfrutando do seu tempo com o seu grupo de amigos.

Importante: cada mulher deve fazer o que acha melhor – contar sobre a gravidez, ou não. Muitas mulheres ficam receosas em divulgar a gravidez logo no início, por isso fizemos essa matéria. Mas, lembre-se: quem decide o que deve ser feito é você!

Gostou dessas ideias? Sabe quem pode estar precisando desses conselhos? Aproveite e compartilhe!