As mulheres bebem enquanto tentam engravidar, diz estudo!

A maioria das mulheres vai afastar-se do vinho depois que vê o positivo no teste de gravidez. Mas e antes disso?

0
3679

A maioria das mulheres sabe que beber durante a gravidez é proibido. Elas também sabem que o primeiro trimestre da gravidez é o mais vulnerável – e uma vez que as mulheres também tendem a estar cientes de que um teste de gravidez não irá dar positivo logo após a concepção, pode-se imaginar que as mulheres que estão tentando engravidar deixam de beber álcool.

Mas, em muitos casos, isso não é verdade: de acordo com um estudo recente, uma grande percentagem de mulheres que querem engravidar ainda consomem álcool. O estudo centrou-se em 5.000 mulheres que foram inquiridas duas vezes durante o primeiro trimestre da gravidez. Embora apenas cerca de metade de todas as gravidezes nos EUA sejam planejadas, 70% dessas mulheres ficaram grávidas intencionalmente – mais de metade das mulheres inquiridas admitiram beber nos meses que antecederam a gravidez.

Muitas mulheres inquiridas relataram que pararam de beber em torno da quarta semana de gravidez, ou seja, o momento em que um teste de gravidez dá positivo. “Nossos dados sugerem que a maioria das mulheres, independentemente da intenção da gravidez, para ou diminui o consumo de álcool apenas quando tem um teste de gravidez positivo”, referem os autores do estudo, na revista Obstetrícia e Ginecologia.

As mulheres que bebem em excesso podem ter menos chances de engravidar.

Um grupo demográfico específico era mais propenso a beber enquanto tentava engravidar – e durante o primeiro trimestre: mulheres brancas, com formação superior e relativamente mais velhas, com rendimentos mais elevados. Os pesquisadores sugerem que isso pode ser porque os médicos não estão tão inclinados a policiar os comportamentos e estilo de vida dos membros deste grupo.

Mas enquanto sabemos que a abstinência total é o caminho a percorrer quando se trata de gravidez, também nos perguntamos: quais os dados que uma mulher pode causar se ela beber involuntariamente durante as primeiras semanas de gravidez?

Se pensa engravidar, deixe de consumir bebidas alcoólicas, pois elas prejudicam o desenvolvimento do feto.

“Eu acho que as mulheres que estão tentando engravidar… Podem não restringir muitas coisas no estilo de vida social, e o álcool é uma daquelas coisas que elas podem não estar diminuindo tanto quanto deveriam “, disse Sherry Ross, médico obstetra e ginecologista, autor do livro “O Guia Definitivo Para a Saúde Íntima da Mulher”.

“Não recomendo abstinência total quando você está tentando engravidar, mas pode controlar o estresse bebendo com moderação. Beber ocasionalmente ou beber um drinque em uma sexta-feira ou sábado à noite, se você não estiver bebendo durante a semana é aceitável [enquanto você está tentando conceber]”, pode ler-se no guia.

Dr. Ross diz que muitas mulheres que continuam a beber durante a tentativa de engravidar, mas salienta que as mulheres que bebem em excesso podem ter menos chances de engravidar.

De acordo com o especialista, as mulheres geralmente não precisam se preocupar se tiverem tomado uma ou duas bebidas após a concepção – mas, como sempre, é melhor prevenir do que remediar. Evitar o álcool quando há uma possibilidade de gravidez é o ‘padrão ouro’, e beber com moderação pode ser mais seguro do que beber em excesso.

Mas que problemas podem surgir mais tarde na vida dos filhos de mulheres que beberam sem saber durante as primeiras semanas de gravidez? Quem responde essa pergunta é Danielle Fisher, médica e diretora do serviço de pediatria no Providence Saint John’s Health Center.

“Síndrome de álcool fetal é algo que vai ocorrer com a exposição ao álcool, mas tem que ser uma quantidade razoavel”, disse Fisher. “Normalmente, não é apenas uma bebida. Todo mundo tem suposições diferentes quando estão grávidas sobre o que é seguro consumir e quando é seguro consumir. Às vezes [beber acontece] no início da gravidez. E pode ser o momento mais perigoso para o desenvolvimento de órgãos. Eu acho que poderia haver um pouco mais consciência de que quando as mulheres estão em idade fértil podem reduzir o consumo de álcool se estão ativamente tentando engravidar… Estamos preocupados se as mães vão consumir mais de duas bebidas alcoólicas por dia. ”

De acordo com o Dr. Fisher, síndrome alcoólica fetal geralmente se torna uma grande ameaça entre a sexta e décima semana de gravidez. As boas notícias? As mães tendem a saber que estão esperando bebê neste momento.

Mas enquanto essas opiniões são tranquilizadoras para mamães que bebiam moderadamente antes de descobrir que estavam grávidas, devemos também lembrá-las que quando se trata de álcool, parar de beber é a sua melhor aposta durante a gravidez. Se você está tentando engravidar, ficar longe da bebida (especialmente nessas semanas entre a ovulação e um teste de gravidez positivo), mesmo antes de ter obtido esse teste de gravidez positivo, pode ser a melhor opção.

Relacionado: Saiba como prevenir malformações e garantir a saúde do bebê