Quais são os melhores alimentos para o cérebro do bebê?

0
8485
melhores alimentos para o cérebro do bebê
Crédito: Freepik

Todos os pais querem ter filhos inteligentes e com cérebros bem desenvolvidos. Um dos caminhos pelos quais essa conquista passa é o da alimentação. Especialistas afirmam que é possível estimular o desenvolvimento cognitivo das crianças desde a gestação.

Tudo vai depender da forma como a mãe se alimenta na gravidez e o que come o bebê depois que nasce e ao longo da vida.

10 Melhores alimentos para o cérebro do bebê

melhores alimentos para cérebro do bebe
Crédito: Freepik

O cérebro é uma das primeiras coisas a se formar no bebê. A partir da 10ª semana de gravidez a criança já é capaz de reagir a sons e a se mexer conforme os estímulos externos. Nos primeiros 3 anos o cérebro atinge seu ápice, embora até os 9 anos ainda existam áreas não formadas completamente.

Durante a gravidez há dois nutrientes que toda mãe deve ingerir para auxiliar no desenvolvimento do cérebro do bebê: ácido fólico e ômega 3. O primeiro se encontra em folhas verdes, feijão e suco de laranja; o segundo, no salmão, no atum e na sardinha.

Por seis meses desde o nascimento, a alimentação do bebê é apenas o leite materno. Após, é possível inserir, aos poucos, outros alimentos. Eles ajudarão a formar um cérebro saudável e melhor desenvolvido. Encontre alternativas e receitas que possibilitem sua inclusão, pois muitos não são fáceis para a o bebê ingerir. Confira a seguir quais são eles:

  • Frutas ricas em vitamina C;
  • Frutos vermelhos;
  • Leite;
  • Salmão;
  • Manteiga de amendoim;
  • Feijão;
  • Cereais integrais;
  • Nozes;
  • Carnes magras;
  • Ovos;
  • Espinafre.

Atividades e brincadeiras que estimulam o cérebro do bebê

brincadeiras para estimular o cérebro da criança
Crédito: Pexels

Além da alimentação, você tem a seu dispor diversas atividades e brincadeiras simples que estimulam o bom desenvolvimento cerebral do bebê. O cérebro dos pequenos é uma esponja, visto que absorve todas as experiências que tem e aprende com elas. Veja abaixo algumas ideias para impulsionar a inteligência de seu filho!

Leitura

A leitura é uma das melhores ferramentas para desenvolver inteligência. Que tal começar desde cedo? Escolha livros com imagens grandes e chamativas, para que ela se sinta interessada. Não leia para ela, mas sim conte o a história. Alterne o tom de voz e faça a criança interagir com a narrativa, de forma física ou não.

Música

Não é preciso saber cantar para expor a criança à música. Aliás, essa exposição deve começar desde a gestação. Mas não é qualquer tipo de música, de acordo com especialistas. Os sons, principalmente durante a gravidez, devem ser calmos e relaxantes. Crianças musicalmente sensíveis lidam melhor com suas emoções.

Brincadeiras com o corpo

Toque no corpo do bebê e diga que parte do corpo é aquela. Depois pegue uma de suas mãos, toque em outra parte do corpo e fale que parte é aquela. Experiências táteis são recomendas dos seis aos nove meses, para expandir o cérebro e a noção de espaço da criança.

Esconde-esconde

Mostre ao bebê um brinquedo. Esconda esse brinquedo e estimule a criança a encontrá-lo. Faça perguntas para orientá-la nessa procura e, por fim, mostre onde está. Repita sempre que possível essa atividade.

O importante é que os pais Busquem estimular o máximo possível o desenvolvimento cerebral de seus filhos

Até a interação entre mãe e filho é uma forma de proporcionar um bom desenvolvimento cerebral. Especialistas afirmam que o carinho, a conversa e o toque materno nos primeiros meses de vida têm um impacto incrível no crescimento cerebral da criança. Por isso não economize nos estímulos e proporcione uma alimentação saudável ao seu filho sempre que possível.

Aprenda um pouco mais sobre o cérebro das crianças com o vídeo abaixo:

Fonte: UCB