Pode comer batata frita na gravidez?

A batata frita é um alimento muito popular, mas pouco recomendado para qualquer pessoa.

Imagem: Freepik

Você acha difícil resistir a uma porção de batata frita, mesmo estando grávida e querendo cuidar da alimentação? Mas, será que precisa mesmo resistir? Pergunte ao seu médico se você pode comer batata frita na gravidez para ver o que ele diz.

Publicidade

Aqui, vamos dar um resumo dos motivos pelos quais seria melhor evitar o consumo de batata frita na gravidez, principalmente em excesso.

Mas, lembre-se que cada gestante tem um organismo único e requer cuidados individuais, com acompanhamento médico.

Publicidade

Veja também: Vitaminas para gestantes e micronutrientes essenciais

Por que a batata frita na gravidez pode ser prejudicial?

Como você já deve imaginar, não é recomendado abusar da batata frita na gravidez. Se a sua condição de saúde está boa, provavelmente o seu obstetra vai dizer que você até pode comer batata frita estando grávida, mas, sempre com moderação, só para saciar a vontade. Isso porque existem alguns riscos, tais como:

Gorduras saturadas

As gorduras saturadas que você consome naquelas batatas congeladas prontas para fritar são um risco à saúde porque estão relacionadas ao aumento do colesterol ruim, aumento da pressão, risco de diabetes e de doenças cardiovasculares, o que também prejudica o desenvolvimento do bebê.

Gorduras trans

Esse também é um tipo de gordura que faz muito mal a saúde e deve ser evitado por gestantes. É aquela gordura que vem nos chips de batata e nas batatas congeladas, oferecendo riscos semelhantes aos da gordura saturada.

Publicidade

Excesso de sal

Mesmo quando você compra batatas congeladas para fritar ou assar, elas já vêm com sal. Ainda tem gente que acha pouco e adiciona mais sal quando as batatas estão prontas para comer.

Como você sabe, o sal aumenta a pressão arterial e pode prejudicar a saúde da mãe e do bebê, mesmo em gestantes que não têm problema de pressão.

O sal incha o corpo, desequilibra a pressão e, se a gestante já tiver problemas de saúde, pode ser ainda pior, com problemas respiratórios, risco de insuficiência cardíaca, renal e até de AVC.

Publicidade

Pode comer batata frita na gravidez se for caseira?

E se a batata for feita em casa, é menos pior? Certamente. A batata sem aditivos industrializados é um bom alimento para a saúde.

Nesse caso, é melhor que você prepare no forno ao invés de mergulhar a batata em óleo para fritar, já que, mesmo sendo caseira, o óleo da fritura deve ser evitado.

De qualquer forma, fale com seu médico para ter uma noção clara sobre a quantidade de batata que você pode comer, já que o amido natural da batata tem alto índice glicêmico e logo vira açúcar no sangue, podendo engordar e aumentar o risco de diabetes gestacional.

Publicidade

Como fazer batata chips de forno caseira?

Bem, agora você sabe que comer batata frita na gravidez não é a melhor escolha para a sua saúde e do seu bebê. Mas, para você não desanimar, aqui temos uma receita de batata chips de forno, bem fininha, crocante e mais saudável para saciar a vontade:

Ingredientes

  • Batatas frescas
  • Temperos secos a gosto

Modo de preparo

  1. Preaqueça o forno por 5 minutos em temperatura alta (220 °C).
  2. Corte as batatas em chips bem fininhas com a parte reta do ralador. A fatia ficará quase transparente.
  3. Unte uma forma grande para distribuir as fatias sem sobrepor.
  4. Despeje um fio de azeite sobre as batatas e polvilhe os temperos da sua preferência.
  5. Baixe a temperatura para 200 °C, leve ao forno por 10 minutos ou até dourar.

Atenção: As dicas desse artigo não substituem a consulta ao médico. Lembre-se que cada organismo é único e pode reagir de forma diferente ao esperado. Mantenha sempre um estilo de vida saudável, sobretudo durante a gestação.

Veja também: Peso ideal na gravidez com base no IMC

Publicidade