Interpretação de desenho infantil: entenda o que o seu filho quer dizer

0
3903
interpretação de desenho infantil
Crédito: Freepik

A interpretação de desenho infantil é algo recente. Mas os desenhos em si têm um papel fundamental na sociedade humana desde os primeiros milhares de anos da humanidade na Terra. Muito do que se sabe hoje sobre o passado da espécie é por meio de pinturas e desenhos feitos nas paredes da caverna. O homem daquela época não escrevia, talvez nem falasse, então essa foi a forma encontrada para se comunicar.

O mesmo ocorre com as crianças. Mesmo aquelas que já sabem falar e se comunicar de forma minimamente eficiente. Elas encontram no desenho uma forma segura de expressarem o que sente. É no papel, por vezes em rabiscos aparentemente sem sentido para os adultos, que os pequenos colocam seus sentimentos, sejam alegres ou não.

Há décadas, no entanto, que os desenhos infantis são menosprezados. Em casa ou mesmo em escolas essa prática era vista apenas como um passatempo, uma distração. Desenhar servia como uma forma de manter as crianças ocupadas, quietas, concentradas. Isso, contudo, é um erro.

Atualmente há especialistas de diversas áreas do conhecimento que estudam os desenhos das crianças. A interpretação de desenho infantil passa por muitos estágios. Não é qualquer pessoa que consegue compreender o que os pequenos estão tentando dizer. Pois eles querem dizer alguma coisa. Sempre. Mesmo quando desenham apenas linhas e círculos e ainda estão na pré-escola.

Interpretação de desenho infantil

desenho infantil e suas interpretações
Crédito: Pxhere

Os desenhos infantis podem significar inúmeras coisas. Engana-se que o mais simples dos rabiscos está lá apenas por estar. Quem nunca ouviu de uma criança que o tal rabisco era o papai, a mamãe ou ela própria? Os significados por trás dessas obras podem ser muitos e é preciso ter algum conhecimento específico para encontrá-los.

Primeiro é importante saber que apenas o desenho sozinho não diz tudo. É por isso que quem vai interpretar o desenho da criança precisa analisar algumas variáveis. O histórico de vida e familiar da criança, assim como o meio em que ela vive são coisas que precisam ser levadas em conta para chegar a alguma resposta.

Uma pessoa leiga no assunto, no caso a maioria dos pais, pode se guiar por algumas pistas. Entenda, contudo, que o desenho não vai lhe dar todas as informações que procura. Ele é um canal de comunicação da criança com o mundo exterior, muitas vezes inconsciente, portanto talvez nem ela entenda o que está querendo dizer.

Como fazer a interpretação de desenho infantil

Alguns especialistas apontam algumas pistas que os pais podem seguir se querem tentar analisar os desenhos de seus filhos. Veja abaixo quais são elas:

Posição

O desenho que se encontra na parte superior do papel tem a ver com a imaginação, com o desejo de descobrir novas experiências, com o intelecto e com a curiosidade. Se está na parte inferior, fala sobre as necessidades materiais e físicas da criança. O lado esquerdo se relaciona ao passado, enquanto direito se relaciona ao futuro.

Se está no centro, o desenho fala sobre o momento atual da criança

Dimensão

Os desenhos com formas e formatos grandes significam que a criança demonstra segurança e confiança em si mesma. Os desenhos menores podem dizer que elas têm pouco espaço para se expressarem, o que sugere falta de confiança.

Traços

Especialistas acreditam que desenhos com traços contínuos demonstram firmeza e segurança. Aqueles com traços falhos se relacionam à impulsividade e à insegurança.

Pressão

Quanto mais forte o desenho, mais vontade e euforia a criança demonstra ter. Quando os traços são muito superficiais há cansaço, falta de vontade por parte de quem desenhou.

Cores

Até mesmo a escolha de cores quer dizer algo. Confira a seguir:

  • Preto: representa o inconsciente, o que não é compreendido;
  • Marrom: é a segurança;
  • Vermelho: vida, ação;
  • Amarelo: curiosidade e alegria;
  • Laranja: impaciência e vontade de socializar;
  • Azul: paz e serenidade;
  • Verde: sensibilidade e intuição.

É importante salientar que apenas essas pistas não são suficientes para que se entenda tudo sobre um desenho infantil. Cada criança e seus desenhos são mundos dentro de mundos. Essas informações, no entanto, podem ajudar os pais a descobrirem se há algo de errado com seus filhos.

Como saber que seu filho está pedindo ajuda por meio do desenho

como interpretar desenho infantil
Crédito: Pexels

O desenho é um detalhe a mais na análise do comportamento da criança, portanto não deve ser utilizado isoladamente para isso. Mas os pais devem estar atentos a qualquer coisa que fuja do normal. O melhor, de acordo com os especialistas, é ver o desenho de acordo com cada idade.

Os rabiscos abstratos, por exemplo, duram apenas até os 3 anos. Se a criança continuar desenhando dessa forma até depois dessa idade, se preocupe. O esquema das cores começa a fazer sentido a partir dos seis anos. Veja que tipo de formas, pessoas e paisagens a criança desenha.

Se há muita chuva, uso de cores escuras e muita violência no traço, tente conversar com seu filho. Isso pode significar que há emoções ruins reprimidas. Preste atenção ao que seu filho desenha, se ele não representa um dos pais, se pinta muitos monstros ou desenha apenas ele mesmo.

O importante é os pais dialogarem e acompanharem tudo que os filhos produzem. Se há dificuldade em abrir um diálogo, se há dúvida sobre o que a criança está sentindo, procure ajuda profissional. Muitas vezes a criança pede algum tipo de ajuda por meio de pinturas e traços enigmáticos, que nem ela entende. Portanto esteja atento.